Leave a comment

Trump garante que o seu “botão nuclear” é “maior” do que o de Kim

O Presidente dos EUA não resistiu à provocação do líder norte-coreano e resolveu subir a parada num tweet que alguns consideraram perigoso.

Não é inédito que Donald Trump e Kim Jong-un troquem epítetos menos agradáveis — o primeiro escreveu sobre o segundo que “o doido será testado como nunca antes”; Kim respondeu prometendo “amansar de certeza e definitivamente o senil e mentalmente perturbado” líder dos EUA.

Aparentemente, o Presidente norte-americano tem gostado da experiência e pretende continuar a dirigir-se ao líder da Coreia do Norte num tom jocoso, mesmo se o tema for o arsenal nuclear dos Estados Unidos ou de Pyongyang, que em Setembro realizou o seu sexto ensaio atómico, o mais poderoso de todos os que o antecederam.

No discurso de Ano Novo, enquanto lançava uma tentativa de aproximação a Seul, Kim decidiu provocar Trump, gabando-se de já ser líder de uma “potência nuclear completa” (algo que não é possível confirmar). “Toda a área continental dos Estados Unidos está ao alcance das nossas armas nucleares e o botão nuclear está sempre na secretária. Isto é a realidade, não é uma ameaça”, afirmou. Descrevendo o seu regime como “uma potência nacional responsável e que ama a paz”, esclareceu: “Estas armas só serão usadas se a nossa segurança for ameaçada.”

Depois de um inócuo “veremos, veremos”, o primeiro comentário de Trump, obtido pelos jornalistas à margem da festa de Ano Novo organizada na sua residência de Mar-a-Lago, na Florida, o chefe de Estado americano recorreu ao seu modo de comunicação preferido para dar uma resposta mais completa a Kim.

“O líder da Coreia do Norte acaba de afirmar que ‘o Botão Nuclear está na secretária dele em permanência’. Poderá alguém do seu esgotado e esfomeado regime informá-lo de que eu também tenho um Botão Nuclear, mas é muito maior & mais poderoso do que o dele, e o meu Botão funciona!”, escreveu Trump quando ainda era terça-feira nos EUA.

O mundo já se habitou a consultar a página de Twitter de Trump quando acorda, mas isso não significa já estar pronto para tudo. O post sobre o tamanho dos botões nucleares (na verdade, o processo para lançar um ataque nuclear não envolve carregar em botões, mas sim uma troca de códigos impressos num cartão) motivou muitas críticas, e alguns questionam-se como é possível manter uma diplomacia funcional com este tipo de comentários.

“Parece-me que o Presidente olha para isto como um sinal de força”, diz à CNN Jim Himes, democrata da Câmara dos Representantes que integra o Comité de Serviços Secretos. “Mas, como qualquer pessoa que já tenha estado num recreio do primeiro ano pode reconhecer, normalmente é a pessoa que grita mais alto que acaba por se demonstrar a mais fraca no recreio.” Um antigo conselheiro da ex-secretária de Estado de George W. Bush, Condoleezza Rice, Eliot Cohen, descreveu este tweet como “infantil mas mortalmente sério” na sua gravidade.

Source: Público

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: