Leave a comment

Obama declara guerra ao Ébola

“O vírus Ébola pode ter um impacto geopolítico mais amplo se não for combatido rapidamente”. Palavras de Barack Obama no Centro de Controlo e Prevenção de Doenças em Atlanta onde considerou que a situação está a ficar incontrolável.

A OMS diz que são precisos mil milhões de dólares para lutar contra a doença – se os casos não continuarem a aumentar. O governo americano prevê gastar 750 milhões, nos próximos seis meses.

“Aqui está a verdade. A África Ocidental enfrenta o Ébola, uma epidemia nunca vista antes. As coisas estão a ficar incontroláveis, estão cada vez piores, está a espalhar-se rapidamente”.

A expectativa inicial da OMS é que 20 mil pessoas sejam atingidas pela doença se não houver uma resposta rápida.

O doutor Kent Brantly foi contaminado mas sobreviveu e alerta: “Tem havido muita atenção por parte dos media o que permitiu uma maior consciência da situação no terreno. A resposta até à data, no entanto, manteve-se lenta e inaceitavelmente fora de sintonia com a gravidade do problema que temos diante de nós”.

Obama anunciou o envio de 3 mil militares à África Ocidental para acções de combate ao vírus. Os esforços americanos vão concentrar-se na Libéria, um dos três países mais afectados pela epidemia, junto à Guiné e Serra Leoa.

Source: Euronews

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: